Conecte-se Conosco

Brasília

Durante fiscalização GDF fecha comércios na Prainha e Ponte JK

narealrdp

Publicado

em

Compartilhe na suas Redes Sociais

O Governo do Distrito Federal realizou uma operação de fiscalização na Ponte JK e na Prainha do Lago Norte, no domingo (23/8), com o objetivo de reduzir e amenizar o processo de contaminação da covid-19. Quiosques e outros tipos de comércios foram fechados com o intuito de acabar com as aglomerações nas duas localidades.

Na Ponte JK foram realizadas vistorias em 20 estabelecimentos comerciais, entre trailers, ambulantes e barracas. Um foi interditado e 123 pessoas foram abordadas por uso irregular de máscaras.

A operação foi realizada pela Secretaria de Proteção da Ordem Urbanística do DF (DF Legal), em parceria com outros órgãos de fiscalização e forças de segurança, e desencadeou no fim de semana várias ações de conscientização da população do DF. “Os quiosques foram objetos de ações fiscais, sobretudo em relação às licenças”, explica o secretário do DF Legal, Cristiano Mangueira.

Na Prainha do Lago Norte, 14 comércios foram vistoriados. A DF Legal interditou três quiosques, devido ao grande números de clientes e da aglomeração de pessoas. Os mesmos possuíam mesas e cadeiras nas calçadas, o que contribuía para que mais pessoas se juntassem, indo contra as orientações do Decreto 40.393/20.

Além dos quiosques, uma balsa de transporte de pessoas e uma barraca de aluguel de caiaques também foram interditadas. Ainda na Prainha, três ambulantes foram retirados e 150 pessoas foram abordadas.

Apesar do aumento no rigor das operações, a força-tarefa também aproveitou para distribuir máscaras para as pessoas que circulavam pelos dois pontos da capital. Ao todo, 3 mil equipamentos de proteção foram distribuídos. Ninguém foi multado.

* Com informações da DF Legal

FONTE: Correio Brasiliense

Clique Para Comentar

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Mais Lidas da Semana