Conecte-se Conosco

Goiás

Juíza de Goiás esclarece que não mandou soltar detenta por ser vegana

RDP

Publicado

em

Compartilhe na suas Redes Sociais

Depois que vários meios de comunicação, que sem entender o fato real, começaram a divulgar uma notícia que a Juíza de Goiás Placidina Pires, da Vara dos Feitos Relativos a Organização Criminosas e Lavagem de Capitai, de Goiás, concedeu liberdade provisória a uma advogada vegana, que apresentou problemas de saúde por se alimentar de maneira inadequada na prisão estadual, a magistrada usou seu Instagram para esclarecer os fatos reais.

Publicidade
Clique Para Comentar

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Mais Lidas da Semana