Conecte-se Conosco

Brasília

Ibaneis se defende de ataques nas redes e explica porque o hospital de campanha do Mané Garrincha foi desativado.

Fernando Souza

Publicado

em

Compartilhe na suas Redes Sociais

O Governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB), respondeu hoje em suas redes sociais o motivo que o Hospital de Campanha do Mané Garrincha foi desativado.

Segundo o Governador, o hospital de campanha foi desativado por conta dos vencimentos dos contratos, sendo o primeiro deles o de concessão de espaço que tinha como objetivo o uso do estádio. O segundo que era de manutenção predial. E o terceiro de gestão em saúde, ofertando os serviços e os profissionais.

O Governo do Distrito Federal  segue investindo na acomodação de pacientes em estado grave que necessitam de internação para tratamento da covid-19.

Nesta segunda-feira (15), em coletiva de imprensa no Palácio do Buriti, o secretário de Saúde, Osnei Okumoto, anunciou que os 100 novos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) estão sendo abertos no hospitais regionais de Santa Maria (HRSM), do Gama (HRG) e o de Base.

A taxa de transmissão do novo coronavírus no Distrito Federal continua alta, o que obriga a população a não afrouxar as medidas de segurança sanitária determinadas pelo governo.

Fonte:ACORDA DF

Publicidade
Clique Para Comentar

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Mais Lidas da Semana