Conecte-se Conosco

Goiás

Secretário do PT em Goiás é preso ao utilizar faixa contra Bolsonaro

Compartilhe na suas Redes Sociais

Arquidones Bites foi enquadrado na lei de segurança nacional e foi levado para a sede da Polícia Federal em Goiânia

RDP

Publicado

em

Compartilhe na suas Redes Sociais

O secretário estadual do Partido dos Trabalhadores (PT) em Goiás, Arquidones Bites, foi preso nesta segunda-feira (31) em Trindade, na região metropolitana de Goiânia, ao utilizar uma faixa no capô do carro com a frase: “Fora Bolsonaro. Genocida!”.

A Presidente do diretório estadual do PT em Goiás, Katia Maria, relatou que Arquidones foi enquadrado na lei de segurança nacional e que foi levado pela Polícia Militar (PM) para a sede da Polícia Federal (PF) na capital. “Nós estamos acompanhando a situação, que é claramente um abuso de poder. Acreditamos que possa ter relação com as manifestações que ocorreram nesse final de semana pelo País”, disse. Filiados ao partido estavam se organizando para uma manifestação na porta Polícia Federal, na noite desta segunda-feira.

Em vídeo gravado na sede da PF Arquidones relata que foi preso com truculência, algemado e jogado ao chão. O policial militar que aparece nas imagens disse que sofreu desacato e que o prendeu com base na lei de segurança nacional.

Publicidade
Clique Para Comentar

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Mais Lidas da Semana