Conecte-se Conosco

Brasil

PSDB decide barrar das prévias 92 filiados de São Paulo

RDP

Publicado

em

Compartilhe na suas Redes Sociais

Com punição a diretório paulista, governador João Doria deve perder aliados para ser o candidato do partido em 2022

A Comissão do PSDB decidiu barrar a participação de 92 filiados na votação das prévias do partido. O grupo abrange prefeitos e vice-prefeitos de São Paulo acusados de participar de suposta fraude do diretório paulista, e interfere na decisão da sigla sobre quem será o candidato tucano à Presidência em 2022.

Os prefeitos e vice-prefeitos teriam preenchido o sistema do partido com uma data de filiação retroativa — anterior à data limite estipulada. Na decisão (confira a íntegra no fim desta reportagem), o senador José Aníbal (PSDB-SP), que coordena a Comissão de Prévias da sigla, afirma que “todos os 92 nomes indicados pelos representantes foram lançados no sistema FILIA com datas de filiação retroativas e, portanto, destituídas de credibilidade”.

Com a impugnação de delegados do estado, o governador paulista João Doria deve perder força na disputa de candidatura nas próximas eleições, favorecendo seu principal adversário, o governador Eduardo Leite (RS). O pedido de impugnação dos nomes pela suspeita de fraude, inclusive, foi pedido por presidentes de diretórios aliados a Leite.

Em nota, o presidente estadual do PSDB-SP, Marco Vinholi, disse que “a discussão em questão não tem nenhuma relação com fraude ou irregularidade, e sim, com a permissão de participação no processo eleitoral do partido com os filiados de todo o Brasil”.

Publicidade
Clique Para Comentar

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Mais Lidas da Semana