Conecte-se Conosco

Brasil

Desmascarou: Dispensado da Globo, autor de novelas revela bastidores e acusa ex-chefia de racismo: “Faz dela a preta burra”

RDP

Publicado

em

Compartilhe na suas Redes Sociais

Ex-autor da Globo, João Ximenes Braga desabafou sobre supostas ordens racistas que teria recebido da direção da Globo na época em que trabalhava na emissora. O novelista, que foi dispensado anos atrás, contou que se recusou a cumprir as ordens.

Ximenes contou tudo em um desabafo em seu perfil no Facebook no último sábado (30). Na publicação, ele relatou supostos diálogos com seu chefe na Globo.

“Faz dela a preta burra”, teria dito o diretor da emissora. “Não, isso não vou fazer”, teria respondido o autor. “Foi a única insubordinação que tive. Não aceitei fazer essa nojeira. Daí veio: ‘ele te detesta porque você é politicamente correto’. O cara virou o todo poderoso de p*rra nenhuma”, disparou ele.

“É sério, foram essas as palavras que ouvi. ‘Faz dela a preta burra’. Isso era a orientação da diretoria da empresa. ‘Faz dela a preta burra’. Isso era uma ordem. Eu me recusei a cumprir. Aí minha carreira acabou“, disse Ximenes.

João Ximenes Braga expõe bastidores

Nos comentários da postagem, o ex-contratado da Globo comentou sobre outrros episódios que teria presenciado. “Só gay se interessa por história de gay”, “não pode contratar o pretinho pra depois desistir do personagem”, “‘a cota do Ximenes’ quando ia entrar um ator negro pra leitura”, seriam frases que ele teria ouvido de seu superior na emissora.

João Ximenes Braga relatou que na época da novela das nove Segundo Sol teria ouvido o seguinte: “Em ‘Segundo Sol’: ‘ninguém se importa de não ter preto na novela, as pessoas querem ver a Giovanna Antonelli’“.

Na época da exibição da trama das 21h, em 2018, a Globo sofreu críticas por causa da pouca quantidade de negros no elenco do folhetim. Os protagonistas, por exemplo, eram todos brancos.

A crítica foi motivada pelo fato da história escrita por João Emanuel Carneiro se passar na Bahia, um estado com população majoritariamente negra.

Ex-autor da Globo desabafa

Ximenes disse que já está farto de ouvir coisas do tipo e que não dá para aguentar mais. “Estou farto, viu? farto! O rosário de atrocidades que ouvi bicho, na boa, na boa. Troço entalado na garganta há seis anos“, confessou.

“Não aguento mais. As pessoas precisam saber dessas coisas. Não dá pra aguentar esse tipo de gente se perpetuar no poder”, declarou o autor.

A última novela de Ximenes na Globo foi Babilônia (2015), que assinou com Gilberto Braga e Ricardo Linhares. A novela das nove tinha atrizes negras em papéis de destaques, como Camila Pitanga e Sheron Menezes, entre outras. Entre 2014 e 2020, Silvio de Abreu foi o diretor de dramaturgia do canal carioca.

O Entretê procurou a Globo nesta segunda-feira (01) para pedir um posicionamento sobre as declarações de João Ximenes Braga, mas a assessoria da emissora não retornou o contato até o fechamento desta matéria. Caso se pronuncie, este texto será atualizado.

(Foto: Reprodução/Facebook)

(Foto: Reprodução/Facebook)

(Foto: Reprodução/Facebook)

(Foto: Reprodução/Facebook)

 

Clique Para Comentar

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Mais Lidas da Semana