Conecte-se Conosco

Brasil

Pacheco se reúne com alto representante da China

RDP

Publicado

em

Compartilhe na suas Redes Sociais

O primeiro compromisso do presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), em Glasgow, na Escócia, foi se encontrar encontro com o alto representante da ditadura comunista da China responsável pela questão das mudanças climáticas, Xie Xhenhua.

Pacheco integra uma comitiva de senadores e deputados que participam da COP 26 (Conferência das Nações Unidas sobre as Mudanças Climáticas), que teve início em 31 de outubro e prossegue até 12 de novembro.

“Conversamos muito a respeito da importante parceria que existe entre o Brasil e China em diversos aspectos de desenvolvimento. E Brasil e China têm a plena compreensão que este processo de desenvolvimento precisa estar alinhado com as regras ambientais. E a China tem nos auxiliado dentro da lógica de que o Brasil, para ter o desenvolvimento e para preservar nossas florestas e nosso meio ambiente, precisa se valer dos investimentos necessários para isso”, afirmou o presidente do Senado.

Pacheco disse também que esses investimentos estão previstos no Acordo de Paris como obrigação dos países desenvolvidos para que o Brasil tenha condições necessárias para o implemento de políticas ambientais.

“O fato é que há uma consciência no Brasil hoje da necessidade da preservação ambiental, que vem da sociedade brasileira. Todos sabem que nosso desenvolvimento industrial e nosso desenvolvimento no agronegócio precisam estar alinhados com as regras ambientais. Para isso, precisamos fazer nossas exigências junto à comunidade internacional, que são os investimentos próprios nesse grande acordo para salvar o planeta. Isso passa pela ajuda a esse país em desenvolvimento. Portanto, esse primeiro encontro com o alto representante da China foi muito proveitoso, dentro da linha de que nós temos que estabelecer essa cooperação reciproca com um importante parceiro comercial nosso, que é a China”, afirmou.

Clique Para Comentar

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Mais Lidas da Semana