Conecte-se Conosco

Brasil

Senadores ameaçam convocar Aras se ele não der andamento a investigações da CPI da Covid

RDP

Publicado

em

Compartilhe na suas Redes Sociais

A cúpula da CPI da Covid ameaça convocar Augusto Aras para prestar esclarecimentos no Senado Federal caso o procurador-geral da República (PGR) não tome providências em relação ao relatório enviado pela comissão.

Senadores da comissão estiveram em São Paulo nesta quarta-feira (10) para, entre outras ações, entregar o relatório final ao procurador-geral de Justiça do estado, Mario Sarrubbo, e a outros integrantes da força-tarefa do MP-SP que investiga a Prevent Senior.

“Não aceitaremos protelação do caso. No dia 27 de novembro, ocorridos 30 dias, se não tiver providência efetiva, o senhor PGR será convocado”, disse Randolfe Rodrigues ao jornal O Globo, acrescentando que também não serão aceitas “investigações preliminares”.

Simone Tebet fez coro: “Se o procurador-geral não dá andamento célere a uma questão tão célere quanto essa, temos poder de convocá-lo”.

E Renan Calheiros provocou: “Bolsonaro é responsável por mais de 200 mil mortes na pandemia. Se o Ministério Público brasileiro entender que ele é um santo, então vamos pedir ao doutor Aras levar ele pra casa dele, pra morar com ele”.

Em nota, a PGR alegou ter recebido apenas nesta terça (09) a documentação produzida pela CPI da Covid e disse que começará agora a análise do material, para definir quais medidas tomará a partir do relatório final do colegiado.

Clique Para Comentar

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Mais Lidas da Semana