Conecte-se Conosco

Últimas

Luciano Hang processa Felipe Neto por crime de calúnia

RDP

Publicado

em

Compartilhe na suas Redes Sociais

O empresário Luciano Hang, dono da Havan, apresentou queixa-crime contra Felipe Neto, YouTuber carioca, sob a justificativa de calúnia, que teria sido cometida no dia 23 de setembro. Nas redes sociais, Felipe Neto afirmou que Luciano Hang teria cometido o delito de falsidade ideológica ao participar de falsificação do atestado de óbito de sua mãe, Regina Hang, falecida em 4 de fevereiro.

Em sua rede social, Felipe Neto escreveu: “Imagina o seguinte: Sua mãe contrai Covid. Você coloca ela em um hospital da Prevent. Ela recebe tratamento do kit Covid. Ela morre. Só que você é tão obcecado pelo governo que você falsifica o atestado de óbito dela. E sai por aí dizendo que ela só morreu porque não recebeu o kit Covid.” Ele complementa em uma publicação seguinte: “É exatamente isso que Luciano Hang está sendo acusado de ter feito.”

Segundo a assessoria da Havan, “reportagens divulgadas à época, baseadas em um suposto dossiê entregue à CPI da Pandemia, nunca imputaram que a fraude teria sido praticada por Luciano Hang”. E continua: “Os textos atribuíram a responsabilidade pela elaboração do atestado ideologicamente falso exclusivamente ao hospital Prevent Senior e, consequentemente, aos médicos que lá trabalhavam à época dos fatos.”

Publicidade
Clique Para Comentar

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Mais Lidas da Semana